PR-2

Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa

Universidade Federal do Rio de Janeiro





Visite Também

Presidente da FAPERJ, Jerson Lima, foi agraciado com a Medalha Ângelo da Cunha Pinto – edição 2019
20/12/2019

O presidente da FAPERJ, Jerson Lima, foi agraciado com a Medalha Ângelo da Cunha Pinto – edição 2019. Trata-se da maior honraria concedida pelo Instituto de Química da Universidade Federal do Rio de Janeiro (IQ/UFRJ), cujo objetivo é premiar personalidades de destaque na área das Ciências Exatas, Ciências da Saúde ou Ciências Humanas. A cerimônia de entrega da medalha ocorreu na semana passada, no dia 13 de dezembro, durante o IV Encontro Anual do IQ. Para o diretor do IQ/UFRJ, Claudio Mota, a escolha do presidente da FAPERJ para receber a premiação foi “fruto de sua liderança e atuação profissional nas Ciências da Saúde, que o levaram a ocupar cargos da mais alta importância na formulação de políticas para a Ciência, Tecnologia e Inovação no Estado do Rio de Janeiro”. Professor titular do Instituto de Bioquímica Médica Leopoldo de Meis, também na UFRJ, Jerson Lima foi aluno de Iniciação Científica e de Doutorado de Ângelo da Cunha Pinto. Depois de realizar um pós-doutorado nos Estados Unidos, o presidente da FAPERJ contou com o apoio decisivo do químico para a instalação do Centro Nacional de Ressonância Magnética Nuclear, no campus da UFRJ, na Ilha do Fundão. Nascido em Portugal, em 1948, Cunha Pinto foi professor e pesquisador do IQ/UFRJ. Ele, que recebeu diversos prêmios ao longo de sua carreira e foi apontado como um dos mais influentes cientistas brasileiros, faleceu em 2015.

Fonte: Site FAPERJ (adaptada)